Dieta Cetogênica - O que é? Para que serve?

A maioria das pessoas que me seguem na internet me conhecem por propagar a dieta flexível. A dieta flexível não é uma dieta e apenas uma filosofia de alimentação e ela pode ser usada para fazer QUALQUER tipo de dieta. Esse método consiste em apenas contar os macros e bater a sua meta diária.

“Macros” é uma abreviação para “macronutrientes” que são nutrientes que quando ingeridos geram calorias, diferente dos micronutrientes (vitaminas e minerais).

Os macronutrientes principais são:

  • Carboidratos (4 calorias por grama)
  • Proteínas (4 calorias por grama)
  • Gorduras (9 calorias por grama)


Poderíamos falar do álcool também mas este não é um nutriente pois não tem uma função no nosso corpo, mas de qualquer modo ele gera 7 calorias por grama.

Eu não vou entrar em detalhes sobre a MINHA opinião sobre a dieta cetogênica, mas eu não recomendo ela para 99% das pessoas e acredito que a maioria vai se beneficiar mais e ter um desempenho melhor, tanto cognitivo, quanto físico em uma dieta com mais carboidratos. O por que disso seria assunto para um outro artigo (comente se você quer algo do tipo).

A dieta cetogênica é uma dieta a base e proteínas e gorduras, aonde você minimiza ao máximo seu consumo de carboidratos.

O carboidrato é a fonte de energia preferida pelo seu corpo, ou seja, ele usa mais carboidratos como combustível. A principal fonte de energia seria o açúcar no sangue pois já está disponível para uso, outras fontes seriam o glicogênio dos músculos e do fígado. O glicogênio é uma forma de estoque de açúcar (glicose) no corpo.

Algo importante de se notar é que o cérebro usa glicose como combustível! Mas ele é um tecido condicionado, ou seja, se a glicose estiver presente ele vai usá-la senão ele precisa mudar de combustível. Os músculos e o fígado também são tecidos condicionados, já o seu sistema nervoso central e as hemácias são obrigados a usar glicose.



Quando você passa a consumir mais gorduras, e baixo carboidrato o seu corpo precisa se adaptar e começar a usar a gordura como uma fonte de energia, MAS isso NÃO significa que você vai QUEIMAR mais gordura. Lembre-se, você só vai perder peso se você estiver em déficit calórico, não importa o quão saudável você se alimente, a LEI do balanço energético é irrefutável. Note que para exercícios anaeróbicos (de alta intensidade) você precisa de glicose, para exercícios aeróbicos você pode usar corpos cetônicos, que eu vou explicar o que são logo mais.

Mas então quando você começa a consumir mais gorduras (com baixo carbo, se o carbo estiver alto a dieta não funciona), você vai começar a produzir mais corpos cetônicos, que serão a nova fonte de energia do seu corpo. E esse processo leva alguns dias para acontecer.

O problema é que o que se vê por ai hoje em dia não é uma dieta cetogênica de verdade, e sim uma low card (baixo carbo). A dieta cetôgenica consiste em aproximadamente:

65-70% gorduras

25-30% proteínas

0-5% carboidratos

Se você fizer uma dieta muito alta em proteínas você não vai entrar em cetose (usar corpos cetônicos como energia) porque a proteína é glucogeogênica (pode ser convertida para glicose).

Artigo Sugerido: Clique para ler!

 

Muita gente propõe que essa dieta aumenta bastante a queima de gordura, alguns estudos compararam essa dieta com uma normal e igualaram a ingestão calórica. O problema desse experimento foi que a dieta cetogênica tinha uma quantidade de proteína maior do que a dieta normal e a proteína é termogênica (o efeito térmico da proteína é muito alto, e é mais fácil queimar mais calorias comendo proteínas). Quando a quantidade de proteína foi equivalente nenhuma vantagem foi vista em termos de queima de gordura na dieta cetogênica.

Eu tenho algumas razões para não gostar muito da dieta cetogênica, mas ela tem sim os seus benefícios para algumas pessoas. Algumas pessoas se sentem bem e acham que é uma dieta mais fácil de se fazer, e se isso for verdade pra você tudo bem, eu sempre indico fazer o que for mais conveniente para você. Não adiante você fazer a melhor dieta do mundo (que não existe) se você só aguenta segui-la por 3 dias.

A dieta cetogênica vai beneficiar pessoas que têm:

Epilepsia
Alzeimers
Câncer


Estudos sugeriram que pessoas com epilepsia têm o número de convulsões reduzido grandiosamente quando entram em dieta cetogênica. [1]

Uma das causas da doença Alzeimers seria a resistência de insulina do cérebro, ou seja, a glicose não está entrando nas células do cérebro, então o cerébro fica sem combustível. E como ele é um tecido condicionado, você pode entrar em uma dieta cetogênica e fazer com que seu cérebro mude a sua fonte de energia, para uma que ele possa usar. [2]

Existem milhares de tipos de câncer, mas existe uma hipótese que sugere que as células de câncer só usam glicose como fonte de energia. Trocando a fonte de combustível do seu corpo para corpos cetogênicos e diminuindo a quantidade de glicose, as células cancerígenas não vão ter combustível e vão se multiplicar menos. Isso é que muitos estudos têm sugerido. [3]

NÃO estou sugerindo que você faça isso se tem alguma dessas doenças apenas converse com o seu médico e olhe os estudos. Não sou médico e não estou usando este artigo para diagnosticar ninguêm.

Referências:

https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/27586246
https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/25101284
https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/25069036

 

 

Deixe um comentário

Os comentários devem ser aprovados antes de serem publicados