FRETE GRÁTIS EM COMPRAS ACIMA DE R$ 500

FRETE GRÁTIS EM COMPRAS ACIMA DE R$ 500

Metabolismo Lento: Todos os Problemas Envolvidos

Você vai todo dia na academia, pesa sua comida e conta suas calorias, vem esforçando para dormir as horas necessárias de sono e mesmo assim o ponteiro da balança não desce?

 

Aí você entra no ciclo: Faço Tudo, não tenho resultado, me sinto culpado(a), chuto o balde, a situação piora mais ainda. Volto ao início.

 

Mas sabia que isso pode não ser sua culpa? É possível que essa dificuldade toda em perder gordura seja devida ao metabolismo lento.

 

Metabolismo é o processo no qual seu corpo queima energia para realizar funções básicas de sobrevivência como fazer coração bater, respiração e funcionamento do sistema nervoso central, só para dizer alguns.

E como o metabolismo literalmente utiliza nutrientes vindos da dieta como fonte de energia, pessoas com metabolismo rápido podem literalmente comer o que quiserem sem ganhar peso. Com certeza você tem algum amigo ou amiga que seja assim - come, come, come e nunca ganha um grama de peso.

Por outro lado, pessoas que estejam com metabolismo lento são obrigadas a travar uma cansativa guerra diária para perder, ou até mesmo manter o peso.

 

Os principais problemas associados a um metabolismo baixo são a extrema dificuldade no emagrecimento e a grande dificuldade em manter o peso.  É uma situação frustrante, pois vemos diariamente pessoas dando o melhor de si para emagrecer e ter uma saúde e autoestima maior - tudo isso sem sucesso.

Esse estado leva a uma série de outros problemas relacionados, todos com um impacto negativo na sua vida pessoal e profissional - como uma sensação de cansaço crônica, um cansaço que parece nunca ir embora. Pele ressecada, queda de cabelo, as pessoas começam a esquecer facilmente das coisas, dores de cabeça frequentes, diminuição da libido, ciclo menstrual irregular, constipação.

 

Cada um desses problemas pode aparecer em maior ou menor magnitude, mas quanto mais tempo passa, maiores as chances deles aparecerem. Isso acaba se tornando uma síndrome que vai te colocar cada vez mais nesse círculo vicioso.

 

Outro problema envolvido nessa situação é a resistência à insulina. A insulina é o hormônio que leva o açúcar e carboidratos para dentro das células. É uma condição metabólica que leva as suas células a ficarem resistentes à insulina, ou seja, seu corpo precisa produzir cada vez mais insulina para processar a mesma quantidade de carboidrato.

 

Um sinal de resistência à insulina é a vontade incontrolável e contínua de comer doces.

Já que o seu organismo não vem conseguindo absorver os açúcares e carboidratos corretamente, seu corpo começa a pedir cada vez mais.

O Problema é, que quanto mais açúcar o seu corpo pede, menor é a sua capacidade de processar e utilizar esse açúcar, que vai acabar, inevitavelmente, sendo estocado como gordura.

 

Como podemos perceber, o catabolismo baixo pode acarretar uma série de problemas que vão impactar negativamente sua vida pessoal, amorosa e profissional, além de sua saúde e estética.

A essa altura, você deve estar se perguntando: “Como resolver essa situação?”

Felizmente, a resposta para essa pergunta é SIM!!

E vamos te mostrar isso no próximo artigo dessa série, que sairá amanhã, 16/02/21

Deixe um comentário

Os comentários devem ser aprovados antes de serem publicados