Potencialize seus ganhos com Aminoácidos Essenciais - por Adam Abbas

Cada vez mais se tem visto atletas de alto nível fazerem uso de verdadeiras formulas mágicas para uso intra treino, com o objetivo de aumento de rendimento.

Mas vamos deixar claro que são atletas de alto nível heim!
Dentre os compostos mais comuns dentro dessas formulações temos os chamados EAAS, ou aminoácidos essenciais.

Esses são assim ditos pelo fato de não serem produzidos pelo organismo por vias metabólicas endógenas, sendo necessário sua aquisição através da alimentação.

Entre alguns trabalhos, o trabalho de Borsheim e colaboradores demonstrou que a ingestão de pelo menos 3g de aminoácidos essenciais entre 1 e 2h após a sessão de treinamento resistido teve maior resposta com relação ao balanço nitrogenado qdo comparado com o uso de uma mistura de aminoácidos essenciais e não essenciais.

O mesmo foi ainda superior a uma mistura de aminos essenciais e não essenciais e uma dose de carboidratos, demonstrado o que já se havia estabelecido anteriormente em outros estudo que possivelmente os EAAs estão associados a uma maior taxa de síntese proteica por vias independentes de insulina.

A mistura de EAAs possivelmente induz a um estado de hiperaminoacidemia que sabe-se induzir maior taxa de síntese proteica.


O uso intra treino e mesmo pré treino é interessante no fato de que reduziria a taxa de proteólise em dietas mais restritas ou ainda zero carbo, assim como o fornecimento de substrato já biodisponivel para utilização ao contrario de fontes mais completas de aminoácidos, como alimentos sólidos ou ainda whey protein concentrado.


O grande ponto desse artigo é apenas mostrar que qdo em um programa de treinamento adequado, associado a um planejamento nutricional já bem definido, o uso de aminoácidos essenciais em momentos oportunos do dia podem auxiliar ainda mais o desenvolvimento e potencializar seus ganhos.


O uso intratreino por exemplo do Dr Feaar se torna interessante não somente pela presença de eaas mas também pelo blend de hidratação contendo a grande maioria dos eletrólitos necessários para cobrir as perdas durante a atividade, bem como o peak o2, adaptogeno associado ao aumento no rendimento de treinamento e endurance.

 

 


A dose ideal é de 6g de aminoácidos essenciais. Encaixe nos seus macros do dia e aproveite o máximo deles!


Bibliografia:

Børsheim E, Tipton KD, Wolf SE, Wolfe RR. Essential amino acids and muscle protein recovery from resistance exercise. Am J Physiol Endocrinol Metab. 2002 Oct;283(4):E648-57. doi: 10.1152/ajpendo.00466.2001. PMID: 12217881.

Deixe um comentário

Os comentários devem ser aprovados antes de serem publicados