FRETE GRÁTIS EM COMPRAS ACIMA DE R$ 500

FRETE GRÁTIS EM COMPRAS ACIMA DE R$ 500

Qual a melhor periodização de treino? - Por Ray Milet

O assunto virou febre de uns tempos pra cá, onde os praticantes de musculação passaram a se importar mais com o treino realizado e a organização do mesmo. E isso de fato é uma maravilha, pois pouco se presta atenção na organização de um treino quando o tema é fisiculturismo. Os powerlifters são exímios "periodizadores", e não é por nada que eles possuem uma força muito maior, além do treino especifico para isto.

Dentre os diversos tipos de periodização, a linear e a ondulatória se destacam.
Na linear temos uma mudança progressiva e constante, onde vamos aumentando o grau de estresse de forma linear ao passar das semanas. Na ondulatória, como o nome ja sugere, fazemos uma ondulação de zonas de treinamento, de acordo com alguns parâmetros extrínsecos (dieta, fase do treinamento) ou intrínsecos (estresse, cansaço, fome, sono de baixa qualidade, hormônios).



A melhor das estrategias simplesmente é aquela na qual você consegue ter mais adesão e se mantem focado por mais tempo, sem erros ou faltas no treino. Não adianta nada fazer uma periodização ondulatória flexível, com mudanças diárias nas zonas, se pra você se tornará um fardo controlar cada dia. Também não faz sentido um individuo que possui uma rotina muito variável, onde em dias está muito mais estressado e cansado que o normal, em outros está bem alimentado, com um descanso de qualidade, sem estresse, utilizar uma periodização linear.

A ciência não consegue nos demonstrar com clareza que haja uma diferença significativa no curto prazo para as situações de treino com periodização linear ou ondulatória, não são todas as evidencias que observam benefícios entre as estratégias, e as que observam normalmente não levam em consideração a especificidade do treinamento.

Porém conseguimos ver claramente que um treino periodizado (leia organizado, com métricas e objetivos) tem mais vantagens no longo prazo que um treino bagunçado, que não há controle de carga de treinamento nem mesmo dos exercícios e cargas usadas.

Portanto, utilizem a estratégia de periodização que mais se adequar com o seu perfil, mas nunca deixe de organizar e traçar metas, pois isso é determinante para resultados de longo prazo e duradouros.

Deixe um comentário

Os comentários devem ser aprovados antes de serem publicados